segunda-feira, 11 de setembro de 2017

O link e o compartilhamento

Para que serve e qual o motivo.

Redigir textos é um trabalho como outro qualquer. Até chegar a escrita, o autor fez pesquisas, gastou horas estudando para poder compor um texto e passar uma informação às pessoas, seja de que tema for.


Ao ser publicado, em uma rede social ou revista digital, redes como o Facebook dispõem de botões de compartilhamento (a ideia é que o maior número possível de pessoas receba aquela informação). 


O link mantém preservado o direito e crédito do autor que ofereceu o texto. Muitas vezes, este trabalho é feito sem remuneração em troca de divulgar seu produto ou serviço.

E é justamente aí, e de forma dupla, que se causa dano ao copiar e colar um texto.

Ao copiar e colar o trabalho alheio, não só lhe é roubado o crédito como lhe é tirado o direito de dizer quem é e qual é o seu produto ou serviço.

Ao doar uma informação, sem aqueles horrores de bombardeio com flyers, que mais parecem balas perdidas virtuais, faz-se uma forma de publicidade elegante, cheia de charme e encanto, oferecendo algo antes de tudo.

Justamente, e por esta razão, a ideia é a do compartilhamento do link, como uma forma "nobre" de se propagar seu trabalho, sem agredir, oferecendo a informação séria e profissional como moeda de troca.

Não pode haver ato mais deselegante do que copiar e colar o texto alheio, ainda que ao final, de forma bem tímida e apagada, se coloque o nome do autor que deixou de ter a possibilidade de divulgar o seu trabalho.

Percebo uma total falta de cuidado com quem somente quer "vender" seu serviço e para ilustrar suas páginas sociais copia e cola informações que outras pessoas tiveram o trabalho de pesquisar e elaborar.

Ao final, o autor do texto não somente passa despercebido, como todos os elogios, cumprimentos e agradecimentos pela informação são recebidos por quem copiou, além do que é ele que acaba vendendo seu próprio peixe com o trabalho alheio.


Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +