Copyright!

Olá amigo blogueiro!

Se quiser usar meus textos em seus blogs é necessário autorização prévia, já que possuem direitos autorais de copyright!

Se necessita de conteúdo em seu blog e necessita que alguém redija para você me contrate! Eu não sou careira!
abraços!

Denuncie! Plágio é crime:

https://www.espacoblog.com/2013/07/como-denunciar-plagio-ao-google.html

sábado, 21 de dezembro de 2013

Falafel - uma das instituições de Paris!

Fotos de L'As du Fallafel, Paris
O falafel é um sanduíche de origem controversa. Há muita discussão de onde ele vem, e, para não criar caso, vamos considerar que veio do Oriente Médio. 

Parte-se do bolinho de falafel que nada mais é de um bolinho frito de grão de bico e especiarias. 

Estes bolinhos vão dentro de um pão pita com uma série de condimentos, molhos, temperos, legumes...Uma versão de nosso acarajé.

Porém, apesar de sua origem estar a milhares de km, o falafel em Paris é uma questão quase institucionalizada, que fica no Marais.

Conhecido como o bairro trendy, o bairro dos gays, o bairro da galerias de arte, o bairro charmoso, o bairro boêmio e o bairro onde se encontra o falafel. Se pensar em falafel, vem a mente, Marais! Simples e automaticamente assim. 

Existem vários lugares no bairro onde é possível provar o nada confortável sanduíche, que lança pedaços ao chão só de você segurá-lo e depois escorre pelos dedos, canto da boca, jorra molho em sua blusa e ao final da refeição você está imundo! Além disto, você come na rua mesmo, em pé! 

Se vale a pena? Simmmmmmmmmmmmmmmm!!

Fotos de L'As du Fallafel, Paris
                        Essa foto de L'As du Fallafel é cortesia do TripAdvisor

O mais famoso deles considerado, aclamado e grande vencedor de todos os guias, todos os blogs e todos os especialistas no assunto é o L´AS du FALLAFEL. Mas por conta disto, a fila para quem quer tentar a sorte com o esquisitíssimo sanduíche, de aparência surreal e sabor pitoresco, terá que enfrentar a fila ao estilo Disney.

Pensando nisto, pensei em dar uma dica para aqueles que gostariam de provar, mas sem perder o dia todo (afinal, é preciso de uma vida toda para passear por Paris), não o mais sensacional de todos, mas o "quase".

Fome, calor (ou frio) e cansaço, me sugerem ser mais humilde e ficar com o the second best!



Resumindo, se estiver muita fila, vá ali ao lado! Se conseguir um lugar ao sol, experimente os dois!





THE ONE:
L´AS du FALLAFEL
34 Rue des Rosiers
(fecha aos sábados)

THE SECOND BEST:
Chez Marianne
2, Rue des Hospitalières Saint-Gervais

Custa 5,50 euros a versão para comer em pé!  

Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +