quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Amantes em Paris!

Imagino que depois de um beijo destes, eles caminharam até a Pont Neuf fazendo juras de amor...e seguiram até a Pont des Arts onde deixaram um cadeado para selar o compromisso...

E então, ele a levou até o Lapérouse...
(Oh lá, lá...!)





Ficaram alguns instantes no bar...



...e tomaram uma dose de Absyntho...













...passaram discretamente por estes corredores...








Onde foram instalados em um dos salões privados do restaurante...


O salão la Belle Otero a portas fechadas! Antes de servir o jantar o garçom bate à porta!


Ao final daquela noite, eternizaram o momento, registrando seus nomes no espelho!

Voilá, fica a dica!! E para impressionar o seu amor, conte a história do restaurante!

Foi aberto, em 1766, por Lefèvre (consultor de bebidas do rei), como um depósito de bebidas.
Como naquela época a criminalidade por ali era alta, Levèvre teve a ideia de transformar os quartos do primeiro andar em salas privadas, para que os donos de estabelecimentos vizinhos pudessem fazer as contas e separar o dinheiro com privacidade e segurança.


Em 1850, o sucesso do estabelecimento chega ao seu apogeu com o novo proprietário Jules Lapérouse e com - o cozinheiro do rei e rei dos cozinheiros - Auguste Escoffier, se tornando o símbolo da alta gastronomia francesa.

A partir de 1870, se tornou ponto de encontro de toda Paris literária tendo como clientes, Emile Zola, Alexandre Dumas e Victor Hugo, além de grandes políticos que utilizavam os salões privés para suas reuniões.


A fama correu o mundo trazendo a elite internacional. O Duque de Windsor, a Princesa Margarete e Aga Khan faziam reservas de mesa no Lapérouse, quando vinham a Paris.

Ao longo do tempo, os salões privados se transformaram em um local de encontros amorosos. Os espelhos destes salões também ficaram famosos, pois as amantes costumavam gravar seus nomes com o anel de diamante, presenteado pelos seus galantes cavalheiros, a fim de constatar se não eram de vidro!!

Portanto, cuidado com o anel!!

Lapérouse
51, Quai des Grands Augustins
http://www.laperouse.com/fr/sal/belle-otero.html

Créditos fotográficos: Jean-Pierre Salle

Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +