quinta-feira, 8 de maio de 2014

A impressionante London Eye e a cortesia inglesa!


Construída em 1999 para a virada do milênio, a roda gigante London Eye é a terceira maior do mundo com 135 metros de altura, 32 capsulas com capacidade para 25 passageiros em cada uma delas totalizando 800 passageiros por vez, para um voo de 30 minutos e com uma vista de 360 graus de Londres!




 Ao custo de 75 milhões de libras o empreendimento foi inteiramente privado. Antes patrocinada pela British Airways, desde 2008 pertence a Merlin Entertainment que também administra o museu de cera mais famoso do mundo.


 A London Eye transporta 15 mil pessoas por dia sendo uma das atrações mais visitadas na capital da Inglaterra.


 A London Eye é equipada com um tablet Samsung Galaxy 10.1 e cada um deles dá detalhes e informações de cada sightseeing, landmarks com fotos.






Tablet Samsung


É possível fazer o passeio a partir de 19.95 libras com o bilhete standard. Se quiser com hora marcada e sem pegar a fila pode comprar o bilhete Fast Track por 29.50 Libras e com champagne por 35 libras. Também é possível reservar uma cápsula inteira para uma festa com canapés e aperitivos. 








A Rainha não apareceu na janela



Parlamento e o Big Ben





Em um dia que teria sido um verdadeiro caos em Paris ou São Paulo, a greve no metrô de Londres foi muito diferente. Centenas de voluntários, muitos deles, aposentados, arregaçaram as mangas e saíram às ruas para prestar assistência aos passageiros, estudando as melhores opções para que o transtorno não fosse tão devastador para outros trabalhadores, turistas e estudantes.

A cidade não parou, nem me pareceu caótica. Muitos foram a pé, outros de ônibus e táxi enfrentando um congestionamento muito longe do que se vê em outras cidades e o ritmo seguiu quase normal.

Saí de Paris logo cedo pelo Eurostar, para visitar a London Eye e ver as novidades da cidade. Eu tinha hora marcada com o fast track para às 12h00! Cheguei mais cedo, às 10h00,  e mesmo assim o que escutei ao indagar se poderia adiantar minha visita foi: "Why not?"


É verdade que andei bem mais do que havia me proposto, mas, praticamente em cada esquina, há um totem super inspirador dizendo que até ali ou acolá leva cerca de 5 a 15 minutos a pé...irresistível.

O mapa eu deixei na bolsa, sabia que, principalmente, em um dia atípico como este por conta da greve, qualquer pessoa que cruzasse o meu caminho iria me orientar...

Fui indo e indo, vez ou outra pegando um metrô, sempre orientada pelos voluntários e utilizando o super cartão Oyster que funciona como a varinha de Harry Porter...




Aí uma imagem do que é o interior de um trem urbano em Londres com estofamento colorido e apoio para os braços...





Claro que não podia deixar de dar uma espiada em Piccadilly Circus e ao parar para almoçar na Leicester Square encontrei a loja M&M (!!!!!!!!), o que é aquilo?






Depois de comprar todos os itens da lista One Direction Band que minha filha pediu, consegui ainda passar por delícias que só se encontram em Londres...Um resumo de tudo pode ser encontrado na Oxford Street...




Que tal uma barra de chocolate destas?
 Como o tempo não estava firme fiquei indecisa sobre descansar as pernas no Hyde Park ou na Tower Bridge...fui onde estava mais perto...







 Mas então, a bateria do meu celular acabou e eu não havia levado o carregador...e tinha ainda a reunião...Arrisquei na simpatia local, entrei em um hotel, expliquei minha situação e o #concierge lordinglês pegou meu celular, abriu uma portinha cheio de carregadores e colocou o meu com um sorriso cortês.

Dá para imaginar se o mesmo acontecesse em outro lugar? Educação é tudo!! E em matéria de beleza, civilidade, educação, cortesia e cidadania, Londres dá um show!


Thanks Visit Britain & Private Homes


Agradecimentos especiais a todos os londrinos, ao escritório de turismo em São Paulo Visit Britain que me deu todo o apoio logístico e informativo para minha pesquisa de campo e a Private Homes que possibilita a estada em Londres em apartamentos super equipados para que a sua experiência vá muito além do turismo! E obrigada especial a minha amiga Fabi que vive em Londres que me fez a surpresa abaixo:




Só fiquei mesmo chateada em não ter comprado o melhor brownie em barra que comi na vida...
Fabí...trás pra mim?




Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +