sexta-feira, 20 de março de 2015

Como sobreviver a um voo intercontinental

Aeroporto de Charles de Gaulle - Paris
Na verdade nunca me preocupei muito com isto, já que algumas revistas e uma boa seleção de músicas resolviam minha ansiedade.


Mas depois de ficar surda de um ouvido por uma semana, ser sorteada para sentar ao lado de roncos ou bebês histéricos, depois de não sentir as pernas por falta de circulação, não dormir por frio, nariz entupido, lábios rachando, pele trincando, estômago queimando, coluna em frangalhos e principalmente, depois de ter ficado na mão, inúmeras vezes, sem o "foninho" para assistir a um filme, sem água porque a comissária está dormindo, sem papel porque acaba rapidinho no toalete, sem caneta para preencher o formulário de imigração, sem espaço para pegar minhas coisinhas dentro da bolsa, sem bateria para me entreter, sem maiores explicações quando falta energia no avião e você morre de frio, medo e fica na escuridão....Enfim, aprendi.

Eu tenho medo de voar, sim. Sempre tive. Mas a vontade de "ir" sempre foi maior. Tenho as minhas simpatias, incluindo ajudar o comandante a levantar voo, puxando meu assento para cima com a mão direita. Ah sim, graças a isto, o avião sobe em segurança. Fora isto, rezo.

Cabine business de um 777
Uma vez lá dentro, como sardinha enlatada, o jeito é tentar alguma coisa para passar o tempo e ter tudo o que precisa à mão para que sua viagem seja a menos pior possível. Principalmente se você viaja em classe econômica. Na Business o estresse é menor. Esticar as pernas é tudo nesta vida. Muita gente confunde a business com luxo, mas sinceramente, acho a classe executiva um must-have, embora US oito mil esteja fora de questão para mim.

O jeito é viciar-se em busca por promoções, mas meu tempo não é tão espaçoso assim.... A solução, para mim, é um kit sobrevivência que compartilho aqui:


0 - VITAMINA C - Comece com uma carga extra duas semanas antes de seu embarque e durante a sua viagem para evitar resfriados, dores de garganta, ouvido, etc...Viajar doente é muito chato.

Viaja muito? Deixe sua carteira de vacinação em dia, tudo o que tiver direito, vá lá e aplique sem dó.


1 - FONE DE OUVIDO - Várias vezes fiquei sem ou fui sorteada com um quebrado. A solução é levar o seu com um adaptador para avião. Daqueles que cortam o ruído externo como ronco, choro de criança, motor do avião, tosse, espirros...


Gente, nada contra tá? Eu também faço estas coisas...Mas se alguém estiver com um fone, fico até mais a vontade para tossir e espirrar à vontade! :)




2 - TRAVESSEIRO DE PESCOÇO - Nada daqueles infláveis (já experimentei e joguei fora) e nem muito firmes que provocam torcicolo. Um da FOM já está de bom tamanho e assim você pode usar o travesseiro do avião para colocar na lombar... Ajuda bem pouquinho, mas já é melhor do que nada.

3 - MEIAS DE COMPRESSÃO E DE LÃ - Não vou ficar fazendo exercícios durante o voo, sorry. Tento dormir um pouco a todo custo, por isto, as meias de compressão são o melhor negócio. Frio no pé também está fora de questão, senão, nada de soninho (ainda que seja por 30 minutos seguidos, tá valendo). A meia que oferecem no voo quebra o galho, mas nada como uma de cashmère. Vale a pena investir nos pés nestas horas.

4 - NADA CHAIR SPORTBACKER - Esquisito o nome, mas para quem sofre de problemas na coluna e se entorta fácil para dormir, eis um excelente auxiliar para lhe manter na posição correta, principalmente para não cair e babar em cima de seu vizinho de voo.



Carta de bebidas a bordo
5 - ÁGUA - Muita gente me diz que não bebe água para não ter que ir ao banheiro, porém, não é o
caso em voos, já que o ar da cabine desidrata facilmente. Para não ter que ficar chamando a #comissariaquenuncavem, leve a sua garrafinha ou garrafão e encha no bebedouro depois de passar pelo detector de metais, assim você consegue maior "autonomia de voo". Eu não bebo álcool, nem café e nem chá mate ou preto, pois fico ainda mais ansiosa.







CANETA Fundamental já que a #comissariaquenuncavemnuncatemumacanetaparaemprestar e isto vai lhe ajudar para sua autonomia e independência no ar.

7 - CARREGADOR DE BATERIA - gente, aquele vermelhinho de bateria acabando é assustador, parece que o mundo vai acabar...verdade, neurose pura, mas tudo o que eu não preciso em um voo é mais uma neurose para a coleção. Costumo desligar meu smartphone, mas vai que ...

8 - PRIMEIROS SOCORROS - aqui a lista é grande, pois são todos os produtos que você deve ter  a mão antes e depois de seus quase 30 minutos de sono:
- Hidratante - o mais "melequento" que encontrar....
Eu, particularmente, passo pelo duty free, uso todos os mostruários limpando a pele, tonificando e me enchendo de cremes e aproveito para experimentar as novidades e já embarcar besuntada.
- Hidrante rosto e pálpebras - outra ideia é passar uma máscara hidratante (se você não tiver vergonha de ficar com o rosto verde durante o voo, é uma excelente dica para manter a hidratação). Nunca fiz e nunca vi ninguém de máscara em pleno voo, mas já li e ouvi dizer que muita gente faz isto.
- Vaselina gel - para criar uma película evitando desidratar a pele
- Solução salina para manter as narinas hidratadas ou o Sorine
- Lip Balm
- Escova de dente e pasta
- Álcool gel
- Lencinhos umedecidos
- Lencinhos de papel
- Desodorante stick
- Enxaguatório bucal
- Carefree - para homens e mulheres - mantém as partes íntimas, digamos, confortáveis
- *Analgésicos, remédios para enjoo, alergia, anti-inflamatórios (consulte seu médico), relaxante muscular, sal de fruta...
- Barra de proteína
- Chicletes para pressão do ouvido
- Escova de cabelo
Saco Baggu
- **Make up básico...
- ***Uma peça extra de roupa de baixo - de algodão

Achou muita coisa? Todos estes itens são encontrados em tamanho mini para não fazer volume na bagagem e há um truque simples para não ficar buscando sua bolsa a todo o momento:

9 - SACO BAGGU - Coloque todos os itens que você pode precisar durante o voo dentro do saco Baggu, retire-o de sua bolsa e coloque-o na bolsa do assento à sua frente. Pronto. Tudo ali. Ao desembarcar, basta guardar o saco Baggu de volta em sua bolsa

10 - PASHMINA - sim é ruim dormir de casaco e o cobertorzinho emprestado no voo, muitas vezes, para mim, não é suficiente. Dependendo do assento pode vir um ar frio o voo inteiro, bem na sua cabeça...E a Pashmina serve de cobertor e em último caso, protetor de cabeça, além de ser fácil de carregar no pescoço e ser um acessório bonito, que dá um tchan em sua roupa, dispensando colares que terão que ser removidos nos detectores de metais. Pashmina é praticamente um mil e uma utilidades e um item obrigatório salva-vidas.

11 - ALIMENTAÇÃO - Evite a todo custo os carboidratos que te deixarão, ainda mais, estufado e inchado. Se você não faz questão absoluta de carne ou frago, etc, Peça, com antecedência, comida vegetariana que é muito mais leve e ajuda a embalar o cochilo. Não tome café se quiser tentar a sorte em um cochilo, nem muito menos chá preto, mate....só se for camomila...Evite ingerir álcool que irá lhe desidratar mais ainda e preste atenção que o efeito do álcool é redobrado lá em cima...Sei lá, sem querer me meter em sua vida, melhor, não! Já para acordar e conseguir raciocinar melhor, o café é bem vindo quando estiver para chegar em seu destino. Assim não esquece nada dentro da aeronave e se lembra de onde e porque está indo.

Tapa-olho
12 - TAPA OLHOS - Sempre tem um vizinho que adora luz!! Muita luz. Ao invés de rogar praga para ele ou reclamar do fato do sujeito ter nascido, leve o seu tapa-olho e se tiver paciência coloque dois saquinhos de chá de camomila nos olhos, antes de vestir o tapa-olho assim ninguém se assusta tanto com a sua chegada, tipo detonada.

13 - LIVRO/REVISTA/ÓCULOS DE LEITURA  - Vai que o entretenimento a bordo esteja quebrado, o que não é raro ou o filme não tem legenda em português....Um bom livro que tenha como cenário o destino para onde você está viajando é excelente.

14 - TRAJE - Você vai inchar, normal, não tem como isto não acontecer...logo, não use aquele seu jeans apertado (nem mesmo leve-o na mala, porque viajar engorda). Use roupas de algodão, nada de tecidos sintéticos, apertados, salto alto, pelo amor de Deus. Roupa leve, confortável, que não aperte, sapatos ultra super confortável. Nada de cintos, pulseiras, colares...Você não quer ser o mico da fila, ne?

15 - DUCHA - Ducha no aeroporto para voos com conexão. - 12 horas de voo + o tempo que leva de casa até o aeroporto, check in, Polícia Federal e tal... Banho é artigo de luxo nestas horas. Caso você não esteja viajando em uma suíte que são oferecidas em algumas companhias como a Emirates e entre um voo e outro ainda é possível buscar no aeroporto uma ducha. Custa em média 8 euros e lhe dá direito a uma toalha e sabonete e se quiser pagar um pouco mais é possível um chinelinho. No toalete ainda há secador de cabelo. Já muda o astral e a fé na vida volta com tudo. Pena que não são todos os aeroportos que oferecem este serviço. Por isto, antes de você comprar o bilhete para o outro lado do mundo, confira se no aeroporto de conexão existe esta benção.

16 - ASSENTOS - Dizem que se você conseguir, reserve o seu assento em cima das asas, pois a turbulência é menor. Dizem também que quem senta lá atrás tem mais chance de sobreviver a uma queda, porém evite a todo custo assentos próximos aos toaletes e aqueles últimos de cada cabine que não reclinam.

Estas dicas não são criações da minha cabeça. Eu busquei dicas para mim mesma que agora compartilho aqui. A fonte inspiradora foi encontrada aqui:

http://www.hithaonthego.com/travel-tip-surviving-15-hour-flights-economy/

*Remédios para:  JET LAG/ENJOO DE ALTITUDE/CINETOSE/DIARREIA DO VIAJANTE:

Credo, cruz! Mas sim, pode acontecer. Não sou médica e não devo falar sobre remédios e neste caso, consulto o seu sobre medicamentos que podem atenuar, prevenir e tratar este distúrbios. Falam da tal Melatonina para amenizar os efeitos do jet lag, mas eu acho que não custa nada perguntar ao seu clínico de confiança, se pode ou deve ter um kit destes em sua bolsinha.

*** MUDA DE ROUPA - Sua mala, infelizmente, pode extraviar, você pode derrubar vinho, molho da salada em sua blusa ou sentar-se em um chiclete....Não custa levar na bagagem de mão uma muda para troca nestes casos, né?


Extensão de cílios
**Make Up básico: Para eu não esquentar a cabeça com isto, tenho um truque: Aplico cílios. Um a um. Sim, dura aproximadamente 45 dias, o efeito é lindo e você pode dispensar muita coisa como rímel, delineador e como abre muito o olhar, outros corretivos também. Você já acorda praticamente pronta!

Leia também sobre o check list de viagem

Check list

Boa viagem!

Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +