Copyright!

Olá amigo blogueiro!

Se quiser usar meus textos em seus blogs é necessário autorização prévia, já que possuem direitos autorais de copyright!

Se necessita de conteúdo em seu blog e necessita que alguém redija para você me contrate! Eu não sou careira!
abraços!

Denuncie! Plágio é crime:

https://www.espacoblog.com/2013/07/como-denunciar-plagio-ao-google.html

quarta-feira, 29 de abril de 2015

50 anos e 50 vezes em Paris!

"Quisera que toda vida humana fosse pura e transparente liberdade"
"Não vês que somos viajantes?
E tu me perguntas:
Que é viajar?
Eu respondo com uma palavra: é avançar!
Experimentais isto em ti
Que nunca te satisfaças com aquilo que és
Para que sejas um dia aquilo que ainda não és.

Avança sempre! Não fiques parado no caminho." Sto Agostinho

Resolvi fazer uma conta e fui juntando as datas de minhas agendas e, surpreendentemente, cheguei ao número de 50 idas a Paris. Pena que nenhuma delas tenha sido em férias. Mas um dia seu chego lá!


Nem por isto deixo de me gabar com o feito! Visitar tantas vezes a Cidade Luz renova o meu sonho de vida, engrandece minha bagagem e redobra a minha experiência em trabalhar com o tema.


Como eu e a TV Globo completamos 50 anos, em 2015, quis registrar o marco 50!! De vida e de Paris! Além do mais, a empresa que representei por 15 anos completa 150, além dos 18 anos do guia de Paris que escrevi e ando atualizando...Motivos não faltaram, enfim! #cy50

Sim, pensei em fazer uma cirurgia plástica, botox, preenchimento, make-up, coiffeur, comprar uma roupa estilosa, uma bolsa bombástica, um lindo par Louboutin, pintar as unhas de vermelho e caprichar no batom para depois me empenhar no photoshop.

Mas então não seria bem eu!

Claro, uma hora vou mesmo fazer tudo isto, mas segue um ensaio "no filter", com uma certa dose de poesia na honestidade das imagens, até porque só tenho 49 anos!!

Escolhi, claro, Simone de Beauvoir para realçar o ensaio:
Cynthia Camargo
Para Beauvoir tudo se constrói, incluindo a felicidade e, claro, a identidade pessoal. Ela abraça uma filosofia que confia às pessoas, e só a elas, a responsabilidade de moldar seus próprios destinos. Fonte:https://avecbeauvoir.wordpress.com/ 

"Não se nasce mulher: torna-se!"
Cinquenta anos em Paris
"No dia que for possível à mulher amar em sua força e não em sua fraqueza, não para fugir de si mesma, mas para de se encontrar, não para se renunciar, mas para se afirmar, nesse dia o amor tornar-se-á para ela, como para o homem, fonte de vida e não perigo mortal"
"Ma curiosité est moins barbare que dans ma jeunesse, mais presque aussi exigeante : on n'a jamais fini d'apprendre parce qu'on n'a jamais fini d'ignorer"



"Le Bonheur: Comme une raison que la vie se donne à elle-même"

"On n´existe pas sans faire"

"Pour désirer laisser des traces dans le monde, Il faut en être solidaire"

"É do conhecimento das condições autênticas de nossa vida que é preciso tirar a força de viver e razões para agir".
"Quisera que toda vida humana fosse pura e transparente liberdade"


"Il y a dans les voyages des moments qui sont des promesses, et d'autres, qui sont des souvenirs"



"Não há uma pegada do meu caminho que não passe pelo caminho do outro"


"As oportunidades do indivíduo não as definiremos em termos de felicidade, mas em termos de liberdade"

"Entretanto, não se deve acreditar que todas as dificuldades se atenuem nas mulheres de temperamento ardente. 
Ao contrário, podem exasperar-se." 

"Não acredito que existam qualidades, valores, modos de vida especificamente femininos (...). Não se trata para a mulher de se afirmar como mulher, mas de tornarem-se seres humanos na sua integridade."

 "Todas as vitórias ocultam uma abdicação."

"Là où le destin triomphe, le passé et l'avenir s'équivalent, le présent n'a plus de réalité"
Read more at http://www.mon-poeme.fr/citations-simone-de-beauvoir/#cmswF7D8rmUxJdIF.99

"Que nada nos limite, que nada nos defina, que nada nos sujeite. Que a liberdade seja nossa própria substância."


"Mas eu não ignoro as ameaças que o futuro encerra, como também não ignoro que é o meu passado que define a minha abertura para o futuro. O meu passado é a referência que me projeta e que eu devo ultrapassar. Portanto, ao meu passado eu devo o meu saber e a minha ignorância, as minhas necessidades, as minhas relações, a minha cultura e o meu corpo." 



"Que espaço o meu passado deixa pra minha liberdade hoje? Não sou escrava dele. O que eu sempre quis foi comunicar da maneira mais direta o sabor da minha vida, unicamente o sabor da minha vida. Acho que eu consegui fazê-lo; vivi num mundo de homens guardando em mim o melhor da minha feminilidade. Não desejei nem desejo nada mais do que viver sem tempos mortos."

Este ensaio foi produzido a partir do olhar de uma profissional brasileira, que costuma eternizar momentos. O nome desta menina é Ellen Barboza que recomendo e agradeço! Que sua vida em Paris seja cheia de luz!

barboza.ellen@gmail.com

Para checar o trabalho dela e encomendar o seu ensaio visite sua página: Ellen Barboza

Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +