Copyright!

Olá amigo blogueiro!

Se quiser usar meus textos em seus blogs é necessário autorização prévia, já que possuem direitos autorais de copyright!

Se necessita de conteúdo em seu blog e necessita que alguém redija para você me contrate! Eu não sou careira!
abraços!

Denuncie! Plágio é crime:

https://www.espacoblog.com/2013/07/como-denunciar-plagio-ao-google.html

sexta-feira, 1 de maio de 2015

Hotel Imperial & Temático em Paris!



"A riqueza não consiste na possessão de tesouros, mas no uso deles." - Napoleão Bonaparte

Hotel em Paris.

Primeiro item buscado em um hotel? Localização! Ainda mais quando tempo é mais do que dinheiro: é euro! Anda-se muito em Paris, o tempo todo e, às vezes, tudo o que a gente quer é chegar logo em algum lugar para o repouso.

Em outros momentos, o mais importante é ter tudo à distância da mão como uma farmácia, quitanda, comprinhas de última hora, café!

Claro que outros quesitos são tão fundamentais quanto este, como o conforto para o corpo, a beleza para os olhos, o silêncio para os ouvidos, o aconchego para a alma.

Tudo isto, mantendo o tema, a vista e a história, fundamental quando a cidade visitada é nada menos do que Paris! Cada detalhe conta!



Do essencial básico, sendo uma questão super particular, estão também, o espelho do banheiro e do quarto. Tem que ter. Talvez seja o único lugar em que, realmente, eu me olhe no espelho, pois preciso combinar com a cara da cidade.

Outra coisa fundamental, para mim, é a iluminação: indireta e, sorry, amarela. Tenho verdadeiro horror a luz branca que me traz lembranças de hospitais. Além disto, as pessoas, todas, ficam abatidas, um tanto quanto "verdes", as olheiras se destacam, o ambiente fica pesado, credo! Não aceito o argumento sobre economia, porque existe no mercado luz fria amarela, bem como o led, então, não há desculpas, ao menos para mim.

Claridade por favor!

Cor e estilo aussi!


Amenities L´Occitane
Hotel Paris - Napoléon

Hotel Paris - Napoléon

Cafeteira no quarto é outro item. Gente, não dá para me arrumar, fazer make up e "tals" sem um cafezinho antes de mais nada. É uma gentileza que vale tudo. Wi-Fi também passa a ser obrigação. De preferência rápida para não perder um só instante de Paris e de seus euros.

E o café da manhã? Tem que trazer o aconchego no sabor aliado ao ambiente. Tanto para quem se hospeda a negócios ou a turismo, esta é a principal refeição do dia. Tem que deixar a pessoa pronta para a jornada! Concorda?




Hoje em dia cofre também passa a ser fundamental. Batedor de carteira em Paris virou parte do cenário. Passaporte tem que ficar escondido e seguro. Não sou neurótica a ponto de trancar a mala a cada vez que saio, logo, a saída mais prática é guardar as coisas de valor e pronto. O melhor é nem levar na viagem mas,....Paris pede!

Bem, tudo isto para dizer que encontrei todos os quesitos básicos necessários em um hotel bem de frente ao Arco do Triunfo e na esquina onde tudo acontece: Champs-Élysées.



O Hotel Napoléon é temático, sim! Em todos os andares, corredores, bar, recepção, estar, restaurante, apartamentos, o tema é o próprio: o Imperador da França!

Único hotel de luxo que tem sua decoração integral com a arte napoleônica e mobiliário em estilo Directoire.  Cortinas, almofadas, óleo sob tela, lustres, brasões, tapetes, luminárias, mesas...Napoleão Bonaparte está por todos os lados nas versões criança, jovem, general e imperador.

Às vezes Josephine a Marie-Louise também dão o ar da graça.





Até mesmo na hora do mimo, segue o tema Napoleônico!
O nosso conhecido doce "Mil Folhas", na França, recebe o nome de Napoléon. Eis a versão exclusiva do hotel.
Champagne e doces no meio da tarde depois do shopping sempre caem bem! 

Construído, em 1923, sobre o antigo palácio do Conde de Tolstoi. De hotel de charme passou para hotel de luxo, em 1929, ascendendo ao ranking de pequeno palácio.
Um jovem homem de negócios russo, Alexandre Pavlovitch Kliaguine, em visita a Paris, apaixona-se perdidamente por uma jovem francesa e lhe oferece o hotel como dote. Casaram-se e viveram alguns anos neste palácio de 7 andares.

Ao lado do elevador em todos os andares encontramos esta plaquinha para incentivar o uso das escadas!
Frequentado por ilustres Gotha (conjunto de personalidades que pertencem ao mundo da aristocracia, política, etc, considerados pela sua notoriedade mundial), bem como por nomes como Hemingway, Salvador Dali e Orson Welles entre tantos outros que deixaram a sua assinatura no Livro de Ouro do Hotel.   
  






O que eu mais gostei? Do elevador com portas de vidro!!E da lareira!!





#ap. Me hospedei a convite do Hôtel Napoléon através da Rede d´Hôtels & Préférence (recomendo se tornar membro), em abril de 2015.

As fotos são da Suíte Junior 612 (diárias a partir de 412 euros) onde fiquei. Adorei as cores da decoração.

O hotel estava em obras refazendo a varanda externa e, por esta razão, não fiz fotos da fachada.

Por outro lado, fui dar uma espiada na Suíte Imperial (diárias a partir de 2.500 euros). Na verdade, trata-se de um apartamento com sala de estar, bar e composto por duas suítes. Uma com vista para o Arco do Triunfo e a outra com varanda e vista para a Torre Eiffel.

Visitei outras suítes e todas que tem o final "1" tem vista para o Arco do Triunfo. O concierge que me acompanhou, porém, sugere as suítes com vista frontal da avenida onde se situa o hotel que é super arborizada e tranquila. A seguir, cenas da suíte imperial, muito frequentada por embaixadores, princesas do Oriente Médio, além do pessoal da moda para pequenas recepções:







Sério, gostei mais da minha suíte!

Hotel Napoléon - Paris
38-40 av. de Friedland



Fico feliz em saber que estão concorrendo ao melhor hotel de luxo:



Pesquise os preços deste hotel e reserve pelo Booking que não cobra taxa de reserva:







Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +