Copyright!

Olá amigo blogueiro!

Se quiser usar meus textos em seus blogs é necessário autorização prévia, já que possuem direitos autorais de copyright!

Se necessita de conteúdo em seu blog e necessita que alguém redija para você me contrate! Eu não sou careira!
abraços!

Denuncie! Plágio é crime:

https://www.espacoblog.com/2013/07/como-denunciar-plagio-ao-google.html

domingo, 10 de maio de 2015

Paris Picante!




"O homem não é nada mais do que aquilo que faz a si próprio" - Sartre

Falamos tanto sobre roteiros românticos, econômicos, luxuosos, culturais, turísticos, mas vejo pouco ou quase nada sobre a parte picante de Paris.

Sim, ela existe, apesar de um certo preconceito com relação a região de Pigalle que, ao contrário do que muitos temem, é praticamente uma vila com senhorinhas passeando com seus cães, estudantes e muitas crianças. Convivem pacificamente com os sexy shops, casas de strippers e o turístico e mais famoso cabaret do mundo: O Moulin Rouge.


Hospedar-se na região é, no mínimo, diferente de tudo o que você imagina de Paris, bem como o que você imagina desta região, evitada, muitas vezes, injustamente.


Pigalle também é conhecida como região da luz vermelha ou quartier rouge. Há sim, durante à noite, uma grande concentração de prostitutas nas esquinas e dentro dos bares, discotecas tipo "inferninho", strip-tease, bordéis e mais seis cabarets além do Moulin Rouge, além do Museu do Erotismo. Também há cinemas que passam filmes eróticos, lojinhas vendendo toda a sorte de produtos com o tema do bairro. Há casas de shows do mais alto ao mais baixo nível!

Turistas, de todas as partes, confundem-se com os próprios nativos que também buscam este tipo de diversão, desde 1881, quando foi aberto o primeiro cabaret, "Le Chat Noir",  tornou-se um símbolo da boêmia do século XIX.



Não é um bairro, necessariamente, perigoso. Eu classificaria de pitoresco e um prato cheio a ser explorado.

É possível passear sozinha e a abordagem à uma mulher não difere muito de outros bairros, ou seja, nada que justifique você não sair à rua.

É perfeitamente possível uma paradinha para degustar um dos melhores crepes da região!

Jantarzinho delicioso e caprichado por 4 euros.

Pigalle, apesar do tema, não deixa de ser um bairro comum de Paris que deve seguir as regras da cidade. Não, não se pode fazer coisa errada:

O sujeito terá que pagar cerca de 180 euros para destravar o seu carro porque estacionou em local para carga e descarga! 

Há um hotel a 5 minutos de onde tudo acontece. Guarda o aspecto de village, mais para dentro do bairro onde moram as senhorinhas com seus cãezinhos e fica em uma ruela sem saída.



Apesar de toda esta inocência, em sua localização, dentro do hotel há um studio pra lá de temático, para os que entram no clima do bairro.O BO Studio  está dentro do Hotel Villa Bhoème.

Um apartamento, no térreo do hotel, com direito a sala de estar com bar, quarto estrelado e banheira de hidro para duas pessoas (diária de 250 euros)!



Minha noite foi assim!
O Studio BO está por trás destas duas janelas no térreo do hotel, bem ao lado da recepção

O studio fica dentro de um hotel três estrelas com tudo o que é necessário para uma boa estada: limpo, simpático, com bar e salão para um honesto café da manhã (sério, não falta nada) e apartamentos com a cortesia da cafeteira, secador de cabelo e ambiente tranquilo, light e clean e com wi-fi (diária em torno de 100 euros)! Precisa mais?


Sim, há também espaço para um inocente chá da tarde, além de ter um totem digital com todas as informações turísticas da cidade, além de uma decoração pra lá de original e com detalhes históricos (coisa que não pode faltar em um lugar como Paris):



#AP. Me hospedei no Studio BO, em maio de 2015, à convite o Hotel Villa Bohème, através da Rede Hôtels & Préférence (parceira do blog para mostrar as opções de Paris e outras praças com mais de 140 endereços).

Curtí o meu studio com macarons e Nespresso assitindo a um programa inusitado de TV: A novela Avenida Brasil! Simmmmmmmmmm, Carminha em francês!!!!!



Villa Bohème
2bis Cité Pigalle, 75009 Paris, França

Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +