Copyright!

Olá amigo blogueiro!

Se quiser usar meus textos em seus blogs é necessário autorização prévia, já que possuem direitos autorais de copyright!

Se necessita de conteúdo em seu blog e necessita que alguém redija para você me contrate! Eu não sou careira!
abraços!

Denuncie! Plágio é crime:

https://www.espacoblog.com/2013/07/como-denunciar-plagio-ao-google.html

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Pequenas Notáveis! As mais belas vilas da França!


Existe uma Associação na França que classifica pequenos vilarejos franceses de acordo com a sua boa preservação, beleza, charme, importância histórica...

Visitei 4 delas, sendo duas no sul da França, outra ao norte e uma no coração do país.









GORDES E AS CALADES


Fotos de Gordes - Imagens selecionadas
Essa foto de Gordes é cortesia do TripAdvisor

Uma das sensações mais marcantes que tive na vida foi avistar a cidade de Gordes!  É claro, depende muito do estado de espírito em que a gente se encontra no momento de alguma descoberta, mas garanto que esta pequena aldeia faz o coração, de "quase" todos, bater mais forte!

Creio que um dos motivos seja o impacto da chegada! Avistar uma cidade que emoldura uma colina, toda de pedra dourada, cercada por campos de lavanda tenha me colocado em estado de choque (no bom sentido)! No alto da colina, o castelo também ajudou na sensação.

Inacreditavelmente erguida sob uma rocha surpreende até o mais viajado dos turistas. Seu nome original, "Vorda", significa vila alta.


A vila de Gordes foi fundada por uma tribo Celta.

Considerada uma das mais belas da França e a mais bela da região, está a 40 km de Avignon. Com pouco mais de 2.000 habitantes privilegiados, o charme da vila está em seus caminhos de pedra que serpenteiam suas casas, também construídas com o mesmo material. Estas alamedas são chamadas de calades.

O castelo feudal, construído no século XI, pertencia aos senhores de Gordes e hoje é possível uma visita para apreciar a arte de Pol Mara. Lá também está instalada a prefeitura da vila.

 Essa foto de Gordes é cortesia do TripAdvisor

Muito chateada de ter perdido minhas fotos, nem tanto pelas paisagens que consegui, facilmente, navegando pela internet, mas pelas que tirei dos habitantes, enquanto eu almoçava em um restaurante da região, típico dos moradores.

Fiz vários retratos de pessoas com traços fortes, bem marcados, olhos profundos, barbas enormes, como se o tempo tivesse parado naquela pequena vila. Isto é o que eu mais sinto em não poder publicar aqui. Enfim, creio que terei que voltar para lá e atualizar este post mais para frente! :)

 Essa foto de Gordes é cortesia do TripAdvisor

Gordes é um daqueles lugares que nos tiram da realidade e nos remetem a uma fábula. Me senti a Alice no país das maravilhas. Nada ali parece real!    
                                  
Imagens de Gordes - Fotos de Férias
Essa foto de Gordes é cortesia do TripAdvisor


Também tive a sorte de, no dia de minha visita, estar acontecendo o mercado de rua semanal. Cores e aromas faziam o ambiente vibrar ainda mais forte! 

A luz dourada, refletida de suas muralhas, atraíram e inspiraram pintores como Marc Chagal.

Sentar-se em um dos cafés e observar os nativos é algo tão estimulante que inspira até o mais amador dos fotógrafos a se tornar um Sebastião Salgado!



RIQUEWHIR E O DOLDER

Esta aldeia se encontra na região da Alsácia, ao norte da França, quase pisando na Alemanha.
É a cidade mais famosa da região, até mais que Estrasburgo, por ser a mais preservada de todas.

Certamente o motivo do encantamento é por ela estar igualzinha, desde o século 16. Seu layout e estrutura não mudaram desde a Idade Média. Cada peça da arquitetura está, milagrosamente, preservada.

Veja também Saint-Paul-de-Vence

Dizem que sua preservação se dá por conta dos seus 1.300 habitantes, que também não modificaram seu lifestyle desde então. As famílias seguem a tradição de seus ancestrais produzindo vinho, sobretudo.

O aroma que vem dos vinhedos é a cereja do bolo do mais completo cenário de conto de fadas que se pode ver na França.


Suas pitorescas e estreitas alamedas medievais são torneadas de janelas, cheias de flores, e pequeninas portas, onde se pode imaginar cruzar com um dos sete anões chegando do trabalho!

Aqui, é mais um destes lugares onde nos remete às fábulas! Se em Gordes me senti em "Alice no país das maravilhas", aqui, me senti em a "Branca de Neve"! 

 A cidade é toda fortificada tendo duas entradas. Numa delas fica o Dolder, uma torre de 25 metros de altura, que foi construída para vigiar a cidade contra possível invasores. Seu nome significa "topo" e vem protegendo a cidade nos últimos 7 séculos. 


Fotos de Riquewihr - Imagens selecionadas
Essa foto de Riquewihr é cortesia do TripAdvisor 

Fotos de Riquewihr - Fotos dos viajantes

Essa foto de Riquewihr é cortesia do TripAdvisor



As casas parecem todas de boneca!

Essa foto deRiquewihr é cortesia do TripAdvisor

Fotos de Riquewihr - Imagens selecionadas
Essa foto de Riquewihr é cortesia do TripAdvisor

Fotos de Riquewihr - Imagens selecionadas
Essa foto de Riquewihr é cortesia do TripAdvisor

VÉZELAY E O CÓDIGO DA VINCI

Vezélay se encontra na Borgonha e está na lista da UNESCO, como patrimônio histórico.

Desde a era neolítica (2.500 anos A.C.), a presença humana pode ser atestada com explorações do sal na Fonte Salgada, seguida da construção de termas galo-romanas.

No século 12, a presença de relíquias de Maria Madalena, fizeram de Vézelay um centro de peregrinação cristã e, em 1146, São Bernardo veio para pregar na região durante a segunda cruzada.

No local onde ele costumava pregar foi erguida uma imensa Catedral, uma das mais importantes de todo o país, sendo a oitava mais visitada pelos cristãos.

Nesta catedral é que se encontra uma, suposta, veste que teria pertencido a Maria Madalena. Isto esqueceram de contar ao autor do livro O Código da Vinci

Vézelay é um dos pontos de início da peregrinação a Santiago de Compostela.

Fotos de Vezelay
Essa foto de Vezelay é cortesia do TripAdvisor





No restaurante Cabalus é possível provar a sopa de pão com queijo servida aos peregrinos, a caminho de Santiago de Compostela, desde o século XII. O restaurante serviu também como hotel-enfermaria da Abadia tendo recebido ilustres como Luiz XVII e São Bernardo.

Fotos de Vezelay
Essa foto de Vezelay é cortesia do TripAdvisor

Fotos de Vezelay
Essa foto de Vezelay é cortesia do TripAdvisor

Fotos de Vezelay


Fotos de Vezelay
Essa foto de Vezelay é cortesia do TripAdvisor

Essa foto deVezelay é cortesia do TripAdvisor

Desta vez não me senti em nenhuma fábula, mas como parte da história, já que sou uma peregrina e quando estive em Vézelay eu já havia percorrido o Caminho de Santiago!

LES -BAUX -DE- PROVENCE E A BAUXITA

Fotos de Les Baux de Provence - Imagens selecionadas
Essa foto de Les Baux de Provence é cortesia do TripAdvisor

Excelente refúgio, pela sua força natural de um maciço rochoso de 900 metros de altura, durante muitos séculos pode ser independente das leis de os condados e reinados.

Durante a Idade Média, os Senhores de Baux não abaixavam a cabeça e usavam, como slogan, a seguinte afrimação: "Jamais Vassalos"!

Fotos de Les Baux de Provence - Imagens selecionadas
Essa foto de Les Baux de Provence é cortesia do TripAdvisor

Orgulho, vaidade ou arrogância tinham uma auto-imagem com um valor maior do que a realidade. Se achavam melhor do que todos, a começar pela árvore genealógica dos Senhores de Baux, que remonta ao Rei Mago Balthazar.

Fotos de Les Baux de Provence - Imagens selecionadas
Essa foto de Les Baux de Provence é cortesia do TripAdvisor

Fotos de Les Baux de Provence - Imagens selecionadas

Essa foto de Les Baux de Provence é cortesia do TripAdvisor

Os Senhores de Baux construíram um forte sólido, impondo soberania frente aos condes de Provence. Rebeldes e irreverentes, fizeram da Provence um palco de guerras sangrentas até o final do século 14, encontrando a paz sob influência da condessa Jeanne de Provence.

Fotos de Les Baux de Provence - Imagens selecionadas

Apenas no início do século 15, Le Baux se integra ao reino da França. Porém, a lembrança de sua rebeldia lendária fez com que a monarquia francesa a olhasse com tanta severidade que desmantelaram a cidade, definitivamente, em 1633, passando para as mãos dos Grimaldi de Mônaco.

Em ruínas, ela volta a ser comunidade da França, em 1791.

Fotos de Les Baux de Provence - Imagens selecionadas
Essa foto de Les Baux de Provence é cortesia do TripAdvisor

Hoje, depois de restaurada, oferece a oportunidade de nos surpreender com uma coleção de monumentos renascentistas em meio as suas assustadoras pedras. O mais interessante é que aqui foi encontrado o mineral que leva o nome da cidade, a bauxita!!

Fotos de Les Baux de Provence - Fotos dos viajantes

A verdade é que tudo é, praticamente, um cenário com lojinhas e restaurantes, mais parecendo uma cidade fantasma, uma vez que não possui mais que 500 habitantes!

Sim, mais um cenário, parecendo a vila da Malévola, perseguidora da Bela Adormecida!! De qualquer forma, caminhar por Les- Baux- de- Provence não deixa de ser fascinante!!

A Associação listou 156 vilas.

Eu, porém, elegi algumas que estão fora dela mas que recomendo fortemente. Dê uma espiada clicando no nome delas:

Giverny de Claude Monet

Saint-Paul-de-Vence de Marc Chagal

Cognac


Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +