quarta-feira, 1 de julho de 2015

DPNY Beach Hotel - O paraíso é aqui! O melhor hotel de praia da América do Sul!


Golpe de sorte?

Deixei passar o vencimento de minhas milhas e fiquei com poucos pontos para ir ao nordeste!

Busquei algum lugar para ir de carro e ora vejam que o que eu considerava "perda", foi um "ganho"!

Reservei o DPNY Beach Hotel em Ilhabela.

Dentro do lugar comum, sim, ficamos de queixo caído. Eu sou detalhista, enlouquecida por decoração e meu marido é arquiteto. Descobre, instantaneamente, coisas que não se vê a olho nu.
Absolutamente tudo o que se refere a parte da construção, instalações, piso, pintura, toda a infraestrutura enfim, tirou 10!

Toda a parte detalhada do DPNY hotel, como cantos, objetos, luz, decoração, harmonia, também! Dez!!

Por mais críticos que sejamos, sabemos separar o nosso gosto pessoal desta contemplação. Ainda que certas coisas faríamos de forma diferente, não significa falta de capacidade em apreciar o capricho.





Como também trabalhamos como clientes ocultos (sim, somos contratados para testar hotéis, restaurantes e bancos para checar o atendimento, limpeza, decoração, pratos, toaletes, música, iluminação, sabores...),  temos os seis sentidos, naturalmente, treinadíssimos para apurar "tudo".


Na chegada o primeiro impacto: Cinco mil mosaicos? Foram feitos pelos locais a mil mãos sob orientação de um artista, mas o tema era livre. Somente a recepcionista, que trabalha no hotel há dez anos, fez uns 40! São mais de 100 mil espalhados por todo o DPNY.


Está curioso com o significado do nome? É mais uma questão pessoal do proprietário, Wolfgang Napirei, conhecido em Ilhabela como "Alemão", que mantém negócios em cidades do mundo e por isto colocou sua iniciais que são Dusseldorf, Palma de Majorca e New York.

O DPNY Beach Hotel tem 10 anos! Foi considerado o melhor hotel de praia da América do Sul pela conceituada Condé Nast JohansensUm dos 5 hot points do planeta pelo The Guardian, estrelado no Quatro Rodas e premiadíssimo pelo Trip Advisor.


Difícil decidir para onde olhar...

Final do terreno. Isto é um muro! Foi criado um cenário!


Praia do Curral

Às 7 da manhã observando os funcionários trabalhando!







O DPNY Beach Hotel é um lugar para praticar o "dolce far niente" e basta! Não é um hotel ou pousada que você fique bem instalado e depois do café da manhã saia para explorar Ilhabela. Não dá. Seria um desperdício do momento "ser e estar" e mais nada. Aqui você cursa o mestrado do ócio.


Tudo convida ao relaxamento total. A cama com dossel, as generosas orquídeas por todos os caminhos, as pinturas à mão nas portas e janelas, o piso em mosaico, os futons estrategicamente dispostos, o prosecco no café da manhã, a música ambiente, meticulosamente selecionada segundo o perfil e "mood" do dia dos hóspedes. Sim, o estilo muda conforme o vento, luz do dia, frequência, horário, estação do ano....
Jacuzzi

Se cansar de olhar a harmonia da construção em meio à natureza, cansar-se de tomar prosecco deitado nas várias salas de estar pé na areia, ou da jacuzzi, sauna, piscinas....Há um cardápio à disposição, com todos os tipos de massagens possíveis disponíveis no mundo: A sós, a dois, com chocolate, pedras quentas, quatro mãos....





Aos 12 anos também é preciso relaxar depois das provas do bimestre.
Trabalho mesmo só o de mudar de ambiente buscando outros ângulos de contemplação. Outro trabalho duro é apaixonar-se pela arte disposta nos quartos, restaurantes e outros ambientes. Sim, estão à venda, mas terá trabalho em decidir a cor. Para quem aprecia fotografar é obrigatória uma bateria extra.

Nem quente e nem fria!
No mais é aproveitar a mordomia. Ser mimado não é uma questão de mimo. Há muito tempo passou a ser uma exigência neste corre e corre diário para ganhar a vida. O treinamento para este tipo de serviço sabe disto. Quem está ali precisa, por um instante, ter tudo à mão, oferecendo o tempo e espaço somente para o desfrute dos sentidos que vivem sobrecarregados.



Estávamos passeando pela praia do Curral e a poucos metros de distância de todo este luxo nababesco, havia vários barzinhos de praia, daqueles bem caiçaras, que oferecem cadeiras e mesinhas com guarda-sol aos fregueses. Eles também entenderam o sentido de mimo e, guardada as devidas proporções, buscam mimar o cliente no mesmo estilo.

Como se pode ver é mais uma questão de conceito do que sofisticação! Todo mundo gosta de ser agradado.



Sempre, sempre dou um jeito de ir a um hotel ou resort em dias que não lota. Não faço a mínima ideia de como deve ser o DPNY hotel com a lotação máxima, mas desconfio que não mude muita coisa, já que a intenção de todos é a mesma:

Relaxar e não fazer nada.

Portanto, há gente cochilando, "crocodilando", "facebookiando", imersos em seus pensamentos, esparramados em futons na areia e à beira da piscina ou numa massagem relaxante, fazendo a sesta no quarto....Ou seja, o "timing" dos hóspedes parece que combina...

Não é um resort e está bem longe de se parecer a qualquer coisa do gênero. A pedida é relaxamento, romance, contemplação, reflexão, paz! Comer e beber também:


Um bar, um restaurante (Tróia) e o Sushi pé na areia. Muito difícil sair dali. Não há a menor necessidade já que o melhor da vida vem de bandeja quando você levanta a mão. Sério, pra quê?



Sou daquelas que quer abraçar o mundo, mas nunca em uma semana! Contrariando a necessidade de ver, tocar, provar, cheirar e saborear tudo o que a vida pode oferecer, preciso de tempo para usufruir, degustar, desfrutar...Na pressa e querendo fazer tudo, prefiro não fazer nada! Meu tudo ou nada tem critérios.

Sushi pé na areia
Prato preferido da filhota! Eu arrisquei um ceviche e acertei em cheio!



Não sei o estilo, mas o capricho deste piso.....

Cama King Size em todos os apartamentos com aqueles colchões que engolem você! 
Estes Arlequins decoram mesas e apartamentos. Estão à venda e este é o do meu marido!! São feitos em papel maché!

Espumante Chandon, suco de beterraba e salmão defumado no café da manhã!Tá valendo, sorry, a vida está sendo agora...E quer coisa melhor do que comemorar o novo dia, brindando?
O café da manhã é até às 11h00! Se fosse até ao meio dia, eu ficaria sentada aqui até me colocarem pra fora!  



As tendas dispostas na praia são como um lounge completo. Poltronas ou sofá, mesa para duas pessoas, um futon de casal e espreguiçadeiras. Se quiser privacidade, pode fechar as cortinas....




Detalhes que me conquistam:
Piso do restaurante todo em mosaico

Pintado à mão       

        
Laisser-passer para o paraíso!
Lounge pé na areia
Dá para trabalhar também! Thank you Steve (Jobs)! 
"What else?"

O corpo pede, a mente silencia, a alma agradece! #dpnybeachhotel #ilhabela #life #pedro60
Reserve já!

Se quiser saber mais sobre Ilhabela clique aqui: Ilhabela por um "quase" caiçara
Se quiser outra ideia de pousada em Ilhabela clique aqui: Pousada Terra Madre

O DPNY Hotel não aceita crianças menores de dez anos. Na maioria das promoções, crianças de 10 a 18 anos no quarto dos pais é cortesia. As pessoas que frequentam o hotel vem para descansar, ou seja, ficam, na maior parte do tempo, em silêncio. Não é um local para reunir a turma. Na praia há os ambulantes vendendo cangas, colares, brincos, pulseiras, tererê se sentir saudade de agito e comércio. No café da manhã está incluído prosecco à vontade. Mas se beber, não dirija. Sim, tem borrachudos, nada elegantes! Traga Off!

Me hospedei em junho de 2015, 2016 e 2017  e este post não é um publieditorial do hotel. Marido pagou a conta!!

Sobre outra hospedagem veja aqui!


Traveller's Choice Melhor Hotel de Luxo 2014 / 2015
Traveller's Choice Melhor Hotel Romântico 2014 / 2015
Um dos 5 Hot points do planeta, pelo jornal The Guardian, Inglaterra
Eleito o Melhor Hotel de Praia da América do Sul, por Condé Nast Johansens
Tróia Restaurante, Estrela Guia Quatro Rodas 2008, 2009, 2010, 2011 e 2012


Você gostou desse artigo?

Inscreva-se e receba notícias, dicas, promoções e muito mais!

Cynthia Camargo é publicitária, agente de viagens, agente internacional e jornalista. Coordena viagens de arte, gastronômicas, de luxo e de incentivo pelo o mundo! Especializada no destino França, é autora do guia Paris Legal, editado pela Best Seller. Trabalha com o turismo de conteúdo há 20 anos e recebeu o prêmio Mulher Influente. Autora do blog de viagens SendoCy, conta suas experiências pelo mundo com dicas e muito humor! Acesse, leia e participe, se inscreva e conte suas histórias! Afinal, todo mundo tem uma história de viagem para contar! Google +